O Caderninho

Ando tão……Sem inspiração..to dando uma olhada até agora não fiz um único Post construtivo aqui no blog!…

Primeiro, anuncio que finalmente terminei aquela bendita faxina, pelo menos a física, né? Tá tudo no seu lugar e agora apenas as coisas que servem!

E pra finalizá-la com chave de ouro trechos do caderninho que vai pro lixo 🙂

“Quando o amor vos chamar,segui-o, embora seus caminhos sejam agrestes e escarpados. E quando eles vos envolver com suas assas, cedei-lhe, embora a espada oculta na sua plumagem, possa ferir-vos. E quando ele vos falar,acreditai nele, embora sua voz possa despedaçar vossos sonhos como o vento devasta o jardim. Pois na mesma forma que o amor vos coroa, assim ele vos crucifica(…)” (não tenho certeza da autoria deste texto, mas acho que é um trecho de O profeta de Gibran Khalil Gibran)

“Mais que existir, VIVA

Mais que tocar, SINTA

Mais que olhar, OBSERVE

Mais que ler, ABSORVA

Mais que ouvir, ESCUTE

Mais que perdoar, COMPREENDA

Só assim viveras realmente” (não sei a autoria)

Nesse caderninho também existem numeros de telefones de velhos amigos que nunca mais ví, e mais da metade já mudou (sim eu liguei para todos), e outros continuam presentes mais do que nunca na minha vida!

Esse caderninho contem também recordações variadas dos anos de 2005,2006 e 2007!

2005= Bilhetinhos das amigas na sala de aula, correios elegantes recebidos nas festas juninas, recordação de uma festa que foi trágica pra mim, um cartão das unicas rosas que ganhei na minha vida, um dos mil desenhos do Jean, o ingresso do primeiro espetáculo de ballet da Deise que eu fui!

2006= Bilhetes e mais bilhetes de cinema, e recordações de coisas feitas com uma melhor amiga, que não se tem mais contato =/

2007= Lista de coisas boas do ano,como: “Conheci a Camila” (umas das melhores coisas, amo a Camy, uma verdadeira irmã *-*), ‘previsões’ do ano, feitas com a Deise e o Tarot (hahahhaha),os desenhos das minhas futuras tatoos, um texto feito para um romance de 3 anos que viví, um texto sobre o atual namoro na época (eu sabia que ia acabar, desde o começo), um texto um tanto depressivo (uma das minhas crises bipolares), e os esboços de depoimentos que mandei pro Gustavo na época que namoravamos!

Além de um envelope com cartas da minha vó de quase 17 anos atras e mais textos perdidos do meu romance de 3 anos *-*

Acho que é isso! Esse post é pra enterrar tudo isso… DE VEZ!

Beijosmeliguem

No próximo prometo um texto mais interessante!

Anúncios

3 Respostas para “O Caderninho

  1. meniiina, você tem coragem!
    Eu jamais me livraria dessas coisas, ahaha
    eei, te add no msn, tudo bem?
    vce é madura pra sua idade, é bacanaa conversar com pessoas assim.
    Romances a parte, eu vivi um péssimo ano passado. Um garoto da minha sala, outro amigo meu, eu, sinceramente, não sei com qual deles eu fiquei mais tempo! huaihduia
    Ahh, mas eu te conto com calma depois!
    Beijomeliga

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s