O que de fato é o amor?

O amor em todas as suas formas é algo mágico. Algo que existe pelo bem e para o bem.O amor é livre, independente e sem preconceitos. Qualquer um pode querer, ter e sentir um amor. Você pode amar sozinho, com alguém e pode até amar o mesmo alguem que outra pessoa. O amor existe para fazer as pessoas mais felizes!

E ai você me pergunta: Mas, amar não dói? E eu, que nunca pensei que conseguiria definir tão bem o amor, hoje posso afirmar, o amor não dói. O amor de verdade, quer acima de tudo o bem e a alegria do outro. Independente desse ser amado estar perto ou longe.

Eu posso dizer, que já amei, amo e amarei sempre, muitas pessoas e de muitas formas diferentes! Ao contrário do que muitos dizem por aí e da forma a qual eu já pensei um dia, amar não é algo difícil, complicado, que leva anos e único. O amor é tão simples que quem sabe por isso, não achemos explicação pra ele. O amor pode demorar apenas segundos pra começar e pode ser encontrado em inúmeras pessoas de formas diferentes! Ame sem medos, sem reservas, sem pensar muito no seu passado e apenas fazendo os poucos planos necessários pro futuro.

Ameu seu pai, mãe, irmãos, parentes, amigos, cachorro, papagaio, piriquito, namorado(a), marido, esposa, professores, plantas e tudo que for verdadeiramente importante pra você! Mas independente de quem for amar, ame livre e intensamente, porque se um dia o sentimento mudar, quando olhares pra tras, vais poder dizer…“Valeu a pena!”

Penélope ;**

nota: Visitem a sessão novidades!

nota 2: este é o último texto dessa velha fase, a partir de amanhã somente coisas novas!

Anúncios

5 Respostas para “O que de fato é o amor?

  1. O que de fato é o amor???
    O mais gostoso dele é o não poder explica-lo!
    Como você mesma disse, o amor tem várias faces…
    Ahh, adooro! hehehh

    Sem amor, impossível 😉

    Bjooo!!!

  2. Opaaaa

    Fez-me lembrar de duas coisas:
    1. A musica Montecastelo de LEgião Urbana
    2. O texto de Zibia Gasparetto, chamado Com o Amor não se Brinca.

    “Há quem diga que o amor é a base de tudo, porém eles se esquecem que:
    Há os que se anulam em nome do amor e acabam abandonados.
    Há os que investem tudo nos outros acreditando que serão correspondidos e vivem reclamando do egoísmo alheio.
    Há os que sonham com o amor PERFEITO, pretendem encaixar o ser amado nesse modelo e acabam descobrindo que cada um é como é e não temos poder para mudar ninguém.
    Há os que confudem paixão com amor. Não percebem que paixão é admirar no outro o que recalca em si. Quando a ilusão projetiva desaparece percebemos o ridículo dos nossos atos apaixonados.
    Há os que confudem apego com amor. São egoístas que esperam do outro exatamente o que não se dão.
    O amor verdadeiro nunca faz sofrer. Traz alegria, motivação e prazer, agindo sempre com seu poder de harmonizar as relações humanas.
    Quando ser feliz passa a ser um objetivo, sério nós logo percebemos que COM O AMOR NÃO SE BRINCA.”

    Acredito que amar é uma tarefa realmente simples, mas tudo o que é muito simples assusta, isso é fato.
    E também concordo que o amor não dói. O q dói mesmo é a insegurança, a possessividade, a imaturidade…

    Estou aprendendo… rsrs

    bjaum

    ameiii o texto!

    E Desculpa a invasão vi seu blog linkado no blog Acorde em Mi Maior

    bjoks

    http://queiroz19.blogspot.com/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s