>- Na direção oposta!

>Estourei a bolha, saí pro mundo.
Deixei o conforto da cama quente e da mesa posta e decidí correr em meio aos riscos, ao novo.
Encarei meus medos, joguei com eles e vencí.
De velho só o que me interessa, o resto deixo ir.

– Será que aquele momento do final de semana foi mesmo uma alucinação?

Na verdade acho que foi o momento exato em que passei a andar na contra-mão.
Não sou Clarisse, mas também adoro ver as luzes dos carros vindo em minha direção.
Simplesmente a direção oposta!

Anúncios

3 Respostas para “>- Na direção oposta!

  1. >Lembrei de Demian: "Quem quiser nascer tem que destruir um mundo; destruir no sentido de romper com o passado e as tradições já mortas, de desvincular-se do meio excessivamente cômodo e seguro da infância para a conseqüente dolorosa busca da própria razão do existir: ser é ousar ser." E a gente (ousando ser) tá sempre destruindo mundos ou rompendo bolhas por aí… Boa sorte! 😉

  2. >Minha mãe sempre me disse:"Filho ande sempre na direção oposta, pois assim você pode ver os carros que vem na sua direção, e dificilmente será pego de surpresa(atropelado)" dicas para andar na rua.Acho que andar na contra-mão, é bom, e agora sou eu quem digo, pois quando você segue o fluxo, vc não está fazendo seu caminho está apenas seguindo o fluxo…=*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s