>El espejo del mundo en que vivo!

>

Vivo num mundo populoso e vazio.
O belo é uma carcaça cheia de nada.
A aparência é superestimada e vale mais um corpo em ordem e um rosto bonito do que uma mente esclarecida.
E essa triste constatação não é apenas dos menos esclarecidos, algumas das pessoas que eu mais admiro, também supervalorizam o reflexo no espelho.
Não estou incentivando o abandono da vaidade.
Também tenho minha vaidade, minhas horas na frente do espelho e minha vontade de fazer uma ou outra plástica.
Só não quero que as pessoas vejam umas às outras como um rosto, uma barriga ou um par de peitos, pernas ou nádegas.
Estas são apenas partes de um todo, são partes do tecido que reveste nossa alma e nosso intelecto e que assim como qualquer roupa, um dia vai ficar velha, perder seu uso e ser corroída pelas traças.
Ando cansada, de saco cheio dos falsos moralistas. 
As vezes tenho vontade de jogar tudo pro alto, porém sei que o preço pode ser muito alto e talvez eu não esteja disposta a pagá-lo.
————-
“Vivemos num mundo que se esconde pra fazer o amor, mas que permite odiar à luz do dia!” (não recordo o autor)
Anúncios

Uma resposta para “>El espejo del mundo en que vivo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s