– dancing.

 

“Dançando com a vida tudo fica mais fácil. Sinta a melodia e seja a graça de uma bailarina com sua precisão e firmeza. Como diria Guevara; Hay que endurecerse sin perder la ternura”

Não quero casa.

Não quero algema, alianças, contratos, nem satisfações.

Só te quero.

Assim, linda, branca e doce. Leve. Solta.

Seu perfume já está em minha pele, e por isso não importa por onde eu ande te sinto por perto.

E quero mais, te quero dentro. Não sempre. Não 24 horas por dia. Mas, te quero inteira.

Metade pra mim não serve, não quero esmolas, migalhas.

Se for assim, prefiro nada.

Eu quero, exijo, mereço.

Ultimamente só falo de mim e de ti.

O nós ainda não existe. Não o force, mas não se negue a deixá-lo surgir.

Não se perca nessa tentativa de evitar as coisas.

Apenas se entregue, não pense, não racionalize, não se importe tanto com as coisas e pessoas ao redor.

Nem com o futuro, que se torna passado a todo momento.

Dance, e se deixe conduzir pelo vento. Pela vida!

Ou então me diga que está cansada demais pra dançar. Só não me deixe nessa desorientação. Pare de embriagar-me nesse perfume.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s