– Flávia

Foi em meio a essa noite escura e “secreta”, que me encantei por Flávia.

Ela me inspira! Aflora em mim o que de melhor e pior tenho.

Ela está dentro, quente, insana, vulgar, elegante, sorridente, cínica e impossível.

Ela provoca, te tira o sono, repete mil vezes as palavras na tua cabeça. A trilha sonora perfeita, a cinta-liga, as tatuagens.

Seus olhos, seu andar não saem daí, mesmo que você feche os olhos, mesmo que você finja não sentir.

Flavia continua aqui, deitada nua ao meu lado. Numa nudez tao pura que não surpreenderia nem uma criança. Ela está aqui alva, despida de todo e qualquer medo, despida de todo pudor construído.

Ela é o escuro da noite, ela é o calcanhar de aquiles do mundo.

Por traz de sua cara de anjo, seu veneno pronta pra envenenar o que já está estragado.

Sinto uma enorme e conciente vontade de fazer loucuras. Ando economizando palavras, ando aproveitando melhor o tempo. Talvez por isso esteja tão inspirada para escrever ultimamente. Talvez por isso Flávia não me deixa mais em paz.

Flávia, tão eu e tão etérea.

Flávia, tão certa e tão instável.

Tão perfeita e tão mortal.

Você pode até não entender exatamente quem é Flávia. Mas, com certeza este texto não te deixará dormir.

Não, sem ao menos sonhar com o proibido!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s