– O melhor.

Silêncio. Felicidade e muito, muito barulho.

Formando meu paradoxo. Meu impeto de ser.

Escrevo pra transformar meus desejos mais desumanos em arte.

Pra transformar tudo o que de pior existe em mim em algo belo, positivo.

Escrevo, e me liberto.

Agora, só amor. Só bem.

Pelo menos até a próxima demonstração de que o mundo tá louco.

Que as pessoas estão cegas, vazias e sem perspectiva do presente.

Entrego o melhor de mim, estou presente, inteira e sem preocupações.

Ouço uma boa música, curto os momentos entre amigos, e os não tão amigos também.

Curto os momentos, as novidades, as intensidades.

Sonho livremente.

Sem julgamentos. Apenas minhas certezas que são tão incertas quando meu amanhã.

Estou aqui me permitindo ser diferente. Me permitindo mudar.

Acalme-se querida, sem inveja. Ok? Não faz bem. Apenas se entregue ao som dessa música e dance. Dance com a lua, com a noite. Não se envene. Apenas respire.

Nada mais calmante do que ar. Deixe-se voar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s