– Sincericídio.

Tudo começa com uma frase daquelas tipo “aba reta”, sem classe.

Falta de coragem disfarçada de segurança, perdoada, já cometi essa besteira. Acontece quando temos lá, nossos 16 anos.

Pleonasmos, muitos e muitos deles. Tentativas de reafirmar algo que não existe.

Aí vem a hora de chorar as pitangas, chantagem barata. E embutida nisso varias mentiras. Pra que? Alguém perguntou?

E a imagem CLARA do ciúmes. Fatos irreais, coisas que só aconteceram na mente doentia de alguém que sofre desse mal de forma descontrolada. Ciúmes, ciúmes, ciúmes. No começo é bonitinho, carinho, depois enxe o saco. Acredite!

Alguns “EN”s erroneamente colocados no lugar de “IN”s e uma frase que mostra que virou mais questão de honra do que amor. Baboseiras.

Alguma coisa que só fez sentindo na cabeça do redator, pois definitivamente ninguém conseguiu entender. Apenas um desespero cômico. Patético.

Ódio declarado e uma enorme interrogação criada.

Que vazio de vida leva alguém a isso? Neutralidade.

Ameaças. Um monte de ameaças vazias, assim como a cabeça. Burrice dói.

Ao fim, a própria imagem destruída e a frase: “É melhor calar-se e deixar que as pessoas pensem que você é um idiota do quer falar e acabar com a dúvida.” do Abraham Lincoln nunca fez tanto sentido.

E o resto? É silêncio!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s