– Não está a venda.

Talvez eu devesse guardar alguns textos na manga pra quando essa inspiração toda passar.

Mas, não consigo, as palavras me vem à cabeça e me aterrorizam.

Pedem desesperadamente para serem expostas.

Sou apenas um canal, um canal que deixa fluir suas idéias.

Estou tão cansadas de rótulos, talvez escreva tanto pra tentar me livrar deles.

Não estou a venda, então não preciso de selos com preço.

Queremos viver livremente, sem ter que dar explicações além de: Porque eu quis.

Porque quisemos.

As pessoas precisam sempre etiquetar as coisas, mas o que faço não tem nome.

Meus atos não tem classe. Nem prateleiras.

Quero a doce sensação de sentir, só,  e apenas.

Quero TUDO, quero textos novos, novos temas.

Quero expandir minha criatividade, meus sonhos, minha vida.

Quero apenas SER.

Sem mais.

Anúncios

Uma resposta para “– Não está a venda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s