– Não tem tempo ruim.

As cores do teu dia me cobrem, me invadem.

Posso sentir nos meus lábios, seus lábios que nunca toquei.

Posso criar um novo grafite, uma nova ilustração.

Teus dedos ainda estão no emaranhado das minhas idéias.

E é isso me impede de criar algo além deste encontro que nunca acontece.

Teu gosto em minha boca. Tua pele na minha. Tuas mãos apertando forte meu corpo que já não se detém.

Tuas cores invadiram meu mundo e fui eu quem no fundo te deixou entrar.

Então, já que provocou, trate de sustentar.

Estarei te esperando, naquela mesma casa, as 20:30, num dia qualquer da semana, quando todas as pessoas estiverem ocupadas demais com a insatisfação de suas próprias vidas tristes pra perceber o que estamos fazendo.

Nosso segredo. Sim, darling? Assim talvez fique ainda mais emocionante.

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s