– Nude.

E apesar de todos os medos, de todos os prantos, de todos os santos.

O novo é novo e se basta.

Não tenho mais tempo pra perder com dúvidas, com joguinhos, com fingir ser o que não sou, ou tentar acreditar no que não és.

Não é uma questão de entender. Tudo se resume a sentir.

Sentir o olhar brilhante, conquistador. Sentir o cheiro, a textura e a cor.

Sinto ainda em mim tua pele, assim de leve, como tua lembrança.

E minha vida não fala de ti, nem dela, nem dele, nem da menina dos cachos soltos, nem da louca alma perdida.

A minha vida apenas se apresenta tentando fazer de cada momento o melhor.

E este texto deve servir apenas de alimento pra alma.

Estou inspirada pelos segredos e desejos que guardo. E gosto assim, e continuará assim. Pelo menos por enquanto, pelo menos até que alguém tenha coragem e capacidade de decifrar-me.

Se quiser venha, se quiser fique.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s