– Quando tempo se leva pra escrever uma poesia.

Há quem diga, que todo bom poeta precisa sofrer pra sentir inspiração.

E eu por muito tempo tomei como minha essa ‘verdade’ criada, sabe lá por quem.

Hoje, acredito que a única coisa que essa tristeza nos proporciona de inspirador é a obrigatoriedade de estar só. Quando se está triste, tudo incomoda, principalmente estar acompanhado na tristeza. É um momento só seu. Só você sente daquela forma. Ninguém, por mais compreensivo que seja pode entender.

Estar só, é o ápice da inspiração, é nesse momento que você se encontra, é nesse momento que os sentimentos afloram, dialogam com sua razão.

Essa conexão: estar só é estar triste é a pior verdade que podiam ter inventado.

Quiçá, pior do que falar pra uma criança que os sonhos dela são bobagens. Crianças, esquecem, acreditam no que elas querem. E não vai ser um adulto babaca e frustrado que vai mudar isso.

Agora, o medo de ficar sozinho cria adultos abomináveis.

Um poeta precisa estar só, não pra sempre, mas pelo tempo que ele achar necessário. Podem ser 30 segundos ou uma vida.

Ou os intermédios existentes entre esses dois pontos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s