– Vaso ruim não quebra.

“Vazo, vaso, podre.

Planta, morte do veneno.

Cheiro que revira as entranhas

E a loucura vai ser minha agora então.

Planta que morde o veneno da morte.

Onde vaza o cheiro que revira minhas entranhas

E a loucura podre no vaso ruim que não quebra. Então…” Sofia L.

Tudo é porco.

As ameaças, o apelo emocional, a maldade.

O egoísmo, a hipocrisia.

A falta de consideração.

Um monstro que passa como um comum pai de família nesse ‘Mondo Muderno’.

Essa gente deveria ter vergonha de ter mãe, de ter pai, irmãos, pessoas a quem recorrer.

Essa gente deveria poupar o mundo de sua presença.

Deveria pensar mil vezes antes de fazer um telefonema, pronunciar uma palavra.

Por um filho no mundo que não pediu pra ter um pai assim.

Queria ter a evolução de desejar o bem, mas só consigo desejar o que ele merece, e com certeza não é nada bom.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s