.: Inversão

“O único problema do Brasil é a corrupção. Se não fosse isso…o povo é alegre, corajoso, humilde, tem futebol, festa, feriado, novela…”

É muito triste ver que a gente vive num pais totalmente ditatorial e pior que a maioria não percebe, a população acha lindo o país democrático que tem.

As pessoas são cegas ou se fazem como tal, simplesmente pra beneficio próprio.

Sabe o que acontece?

A gente vive numa sociedade que prega isso, prega pensar em si e os outros que se dane.

“Quem é bonzinho, só se fode!”

Mas caralho, não é uma questão de ser bonzinho, de ser altruísta.

É uma questão de que se o politico embolsa dinheiro que deveria ir pra saúde, por exemplo, esse dinheiro vai fazer falta na saúde de quem não pode pagar um plano e isso influencia diretamente na minha vida de um jeito ou de outro. Pois se eu sim posso pagar o plano de saúde, mas, meu funcionário, ou meu colega de trabalho não pode e ele vir a ficar doente, aquele atendimento precário vai influenciar diretamente no meu dia-a-dia. Sem contar que quanto pior a saúde pública, maiores os preços da saúde privada e maior liberdade de pisar, dançar e fazer o que quiserem com os clientes.

Então, cuidar do outro é cuidar diretamente de si. Talvez até mais do que pensar só no próprio umbigo.

A gente vive numa inversão de valores terrível.

Como pode ser que o dinheiro da propriedade do Pinheirinho, que a solução da falta de energia elétrica e o dinheiro que isso vai render com a construção da belo monte, que o lucro em qualquer situação que seja, possa ser colocado acima da VIDA?

São VIDAS.

São PESSOAS.

Que pagam de certa forma pelo NOSSO comodismo. Pelo nosso desinteresse. Pela nossa vida superficial de TV, FUTEBOL e FARRA. Além de nossas tantas obrigações que nos fazem sempre estar ocupados demais, ou cansados demais pra essas questões.

– A educação é a base de tudo, enquanto não se investir em educação, o país não muda.

– Olha, acho que Instrução e discernimento, influencia sim na mudança. Mas, o primeiro passo pra isso é mudar o sistema de ensino. E quer saber? Ultimamente eu considero que anda sendo mais uma questão de HUMANIDADE sabia?

PORRA! Como você pode saber que tem gente sofrendo… E não to falando de sentimento não, estou falando da coisa física mesmo. Sofrendo tiro, sofrendo frio, sofrendo fome, sofrendo por ter que apanhar de um militar por não concordar com tudo, sofrendo tendo que ver a filha sendo estuprada por um imbecil que tinha que estar lá pra defender a população. E ficar por isso mesmo.

“Ah! O que eu posso fazer? Todo mundo sabe que acontece…”

“Ah.. não vou divulgar esse fato político ou social, porque é chato postar essas coisas no face.” (fazer piadinhas e falar de webhits é cool)
“Ah..Não vou falar, porque é ser chato falar disso na mesa de bar..”

“Ah..não vou falar porque vai estragar o dia bom em que meu time ganhou o campeonato brasileiro”

” Ah..depois a gente fala disso. Hoje é o último capitulo da novela.”

Com todo o respeito e ao mesmo tempo com toda minha indignação: VÃO SE FUDER!

Tem que falar SIM!

Tem que fazer BARULHO.

Saber que acontece e não fazer nada é ser cúmplice. É melhor ser chato no Facebook, do que ser fútil. Se você não pode falar de coisas importantes numa mesa de bar sem se sentir chato, reveja com quem anda sentando. Se seu dia se estraga por sua vida girar em torno de um time que nem sabe quem você é ou por perder um capitulo de novela SE MATA!

Se mata mesmo, agora não falo do ato físico, mas do ato de transmutação.

A única pergunta que me resta é: “MUDANÇA, SE NÃO AGORA, QUANDO?”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s