.: 5 de maio

Começou a contagem.

Doze.

Doze batidas fortes no peito.

O que soa aqui não tem nome.

É música leve que não se entende, se sente.

Onze.

Tudo novo.

Sensações nunca sentidas.

E esse poder de me fazer experenciar coisas e sentimentos nunca vividos me conquista um pouco mais a cada dia.

Dez.

A vontade de se ter inteiro o outro distante.

De sentir pele com pele.

Calor, gosto, sonhos, tudo de perto.

Nove.

Por todas as palavras que se calam por não precisar dizer nada.

Pelo rosto com um sorriso lindo estampado na cara bastar.

Pela vontade de atravessar uma tela de computador.

Pela vontade de criar o teletransporte.

Oito, sete, seis, cinco.

Pra calar a mente que cria essa ansiedade desenfreada pela presença.

Quatro.

Por conseguir curtir os momentos mesmo à distância.

Por cuidar com carinho de cada mensagem.

Por apesar de tudo, tudo isso só me trazer paz.

Três.

Por você.

Dois.

Por mim.

Um.

Pelo nosso encontro.

Pelas cabeças nas nuvens, pelos corações entregues, pelas dúvidas jogadas no lixo, pela certeza de ser um inteiro mesmo em par e pela tranquilidade que isso nos tras,

Pelo frio na barriga de ver o avião pousar.

Pelo hoje. Sem precisar contar mais nada.

Pela nossa sorte.

Anúncios

Uma resposta para “.: 5 de maio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s