.: Tudo Aquilo

Vomito pensamentos num papel.

Tudo aquilo que por um certo tempo ficou perdido em meio à minhas dores mais profundas.

 

Falo como se as palavras reconstruíssem aquele pedaço de mim que já não encontrava.

 

E elas reconstroem.

Estou em pé de novo.

 

Os olhos voltaram a brilhar.

Me recuperei.

Me vejo de novo em mim.

Viva.

 

Que ninguém julgue.

Que a vida se ajeite.

Que o passado seja deixado pra trás.

Que o novo surja.

Que os idiotas se calem.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s